As melhores cachoeiras do Brasil

As melhores cachoeiras do Brasil

A beleza natural de tirar o fôlego do Brasil é uma maravilha de se ver.

Quer viaje para as praias do Atlântico Sul ou para as selvas da Amazônia, você se lembrará da sua aventura no Brasil por toda a vida.

Muitos dos principais destinos naturais do Brasil se concentram em suas famosas cachoeiras, incluindo algumas que a UNESCO declarou como Patrimônio Natural da Humanidade.

 

Viajando para o Brasil

É melhor visitar as atrações naturais do Brasil durante a estação seca, que é de abril a setembro.

No entanto, como o Brasil tem muitos microclimas, você deve verificar com um guia local ou hotel antes de determinar o melhor horário para viajar.

Os cidadãos dos EUA devem obter um visto de turista antes de entrar no país.

Você pode solicitar um visto on-line no site do Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

 

Cataratas do Iguaçu, Parque Nacional do Iguaçu

Cataratas do Iguaçu atravessa a fronteira Brasil-Argentina no canto sudoeste do Brasil.

Dois parques nacionais, o Parque Nacional do Iguaçu, no lado do Brasil, e o Parque Nacional do Iguaçu, no lado argentino, apoiam essa atração natural.

A UNESCO declarou tanto parques como Patrimônios da Humanidade.

O Parque Nacional do Iguaçu, localizado no remoto departamento do Paraná no Brasil, engloba cerca de 420.000 acres.

 

Centenas de pequenas cachoeiras conectadas, com uma distância de quase três quilômetros, compõem a cadeia das Cataratas do Iguaçu.

A névoa das quedas suporta uma abundância de vegetação tropical e vida selvagem nas florestas adjacentes.

As quedas, que caem em mais de 260 pés em alguns lugares, ficam ao longo de um vão do rio Iguaçu.

Saiba mais sobre aluguel e temporada de casas e apartamentos

Para chegar ao Parque Nacional do Iguaçu, você pode voar do Rio de Janeiro para Foz do Iguaçu; cerca de um vôo de duas horas.

Em Foz do Iguaçu, você pode contratar um guia particular ou participar de um grupo de turistas para visitar as cataratas.

A entrada para o parque custa menos de 60 reais e visitas guiadas normalmente custam entre 70 e 200 reais por até 10 horas.

 

O lado brasileiro das quedas oferece mais opções de exploração do que o lado argentino.

Do Parque Nacional do Iguaçu, você pode pegar um barco até o fundo das cataratas ou fazer um passeio de helicóptero para pairar sobre eles.

No entanto, um sistema de passarelas é a maneira mais comum de ver esse espetáculo natural.

 

Algumas visitas guiadas abrangem as quedas nos dois países, caso em que você deve levar o seu passaporte e ter quaisquer vistos necessários.

Você deve escolher um passeio que permita explorar as quedas por pelo menos quatro horas.

E certifique-se de levar roupas de chuva para proteger você e seus aparelhos eletrônicos.

 

Cachoeiras do Parque Nacional da Chapada Diamantina

O Parque Nacional da Chapada Diamantina, no Brasil, abrange quase 600 quilômetros quadrados de natureza selvagem, com dramáticos penhascos, planaltos, riachos suaves, florestas densas, rios revoltos e cachoeiras.

O parque é o lar de uma série de plantas e criaturas exóticas, como araras, orquídeas, veados, jaguares e dezenas de macacos.

Os pontos de natação naturais pontilham a paisagem e muitos ficam no fundo das espetaculares cachoeiras do parque, incluindo a Cachoeira da Fumaça, a cascata mais alta do Brasil, que desce impressionantes 1.100 pés.

O rio Riachinho é a força por trás da Cachoeira da Fumaça.

O rio atravessa cânions profundos, com imponentes formações rochosas vermelhas, serpenteia vales e forma lagos tranqüilos e cristalinos.

Moradores preferem cachoeiras menores no parque, que eles usam como toboáguas naturais.

 

A cidade de Lençóis é o melhor ponto de partida para visitar o Parque Nacional da Chapada Diamantina. O pequeno aeroporto de Lençóis, localizado a cerca de 32 km da cidade, recebe vôos diários da cidade costeira de Salvador.

Visitar o parque exige um pouco de caminhada, devido à infraestrutura precária.

Lojas em Lençóis carregam uma oferta completa de equipamentos para caminhadas e camping, e guias locais podem organizar passeios privativos e em grupo pelo parque.

Excursões em grupo originadas em Salvador podem custar de 2 a 3 mil reais para uma viagem de três ou quatro dias.

 

Cachoeiras do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

Em 2001, a Unesco declarou o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros como Patrimônio Natural.

Localizado no centro do país, ao norte de Brasília, o parque cobre mais de 250 quilômetros quadrados e abriga tatus, onças, tucanos e centenas de espécies de plantas exóticas.

 

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros possui espetaculares formações rochosas e a NASA alega que a abundância de cristais de quartzo do parque o torna o lugar mais brilhante da Terra.

Sua diversidade geológica varia de florestas exuberantes a savana a paisagens rochosas que se parecem com a superfície da lua.

 

As muitas cachoeiras do parque são destaques do país das maravilhas naturais.

Viajando por São Jorge, você chega à cachoeira das Pedreiras, que forma uma piscina natural.

Mas a cachoeira Almecegas é a jóia da coroa do parque. Cascatas gêmeas caem 150 pés em uma dramática queda livre, em uma pequena piscina no fundo do vale.

 

O parque não cobra taxa de entrada. No entanto, os visitantes não podem passar pelo parque sozinhos; eles devem contratar um guia profissional.

Se você chegar cedo ao parque, poderá contratar um guia na entrada, localizada em Goiás, no bairro de São Jorge.

Se você é um amante das quedas de água irá se maravilhar pelo país.